RSS

Governo da Bahia assina parceria com a Microsoft

17 maio

Parceria entre Estado e Microsoft vai capacitar 4,5 mil jovens baianos

O Governo do Estado e a Microsoft assinaram, nesta quarta-feira (23), um acordo de cooperação que vai permitir a capacitação de 4,5 mil jovens, estudantes de escolas públicas estaduais, por meio do programa Aluno Monitor Microsoft, em Salvador e municípios como Ilhéus, Lauro de Freitas e Vitória da Conquista.

Além disso possibilitar a implementação do English for All, que tem como objetivo, democratizar o ensino da língua inglesa. O protocolo de intenções foi assinado pelo governador Jaques Wagner e o presidente da multinacional no Brasil, Michel Levy, na governadoria.

“Esse convênio surgiu de um encontro que tive com o governador baiano nos Estados Unidos”, destacou Levy. Para Wagner, é preciso que o Estado faça intervenções para não desperdiçar a capacidade intelectual dos jovens. “A inclusão não deve ser só pela via do emprego, mas também por meio do empreendedorismo, ferramenta que eu considero muito importante”.

Segundo Michel Levy, na primeira fase do programa, 900 jovens serão qualificados. O executivo lembrou ainda que a falta de mão-de-obra qualificada é o maior entrave para o preenchimento de vagas no mercado de trabalho, no setor de tecnologia.

No Brasil, há 48 mil vagas à espera de profissionais capacitados para preenchê-las. Já na Bahia, de acordo com estimativa do Sindicato das Empresas de Processamentos de Dados (Sinep), o número de postos de trabalho disponíveis na área de Tecnologia da Informação chega a 2 mil.

“A média salarial de profissionais do setor, com o diploma do Ensino Médio, varia de R$ 1,5 mil a R$ 2,5 mil”, explica a diretora de Fomento da Secretaria Estadual da Ciência e Tecnologia, Rubia Carvalho, enfatizando que o governo pretende capacitar 20 mil pessoas até 2011.

Além da capacitação dos estudantes baianos, a Microsoft também vai ampliar a qualificação de professores de escolas técnicas e universidades públicas na área de T&I. Cada aluno da rede estadual de ensino também terá uma conta de e-mail exclusiva. Já a Universidade Federal da Bahia (Ufba) contará com um laboratório – pioneiro na região Nordeste – que combinará a utilização de softwares livres e programas desenvolvidos pela Microsoft.

Centros Digitais de Cidadania

Além das ações previstas no protocolo, o Governo vem buscando ampliar o acesso da população à tecnologia da informação. Uma das principais iniciativas é o programa Cidadania Digital, que atua na inclusão sociodigital. O programa possui uma rede de 368 Centros Digitais de Cidadania, que possuem 10 computadores com acesso à internet e equipados com Softwares Livres.

“Este ano, pretendemos inaugurar, num primeiro momento, mais de 300 centros e fechar 2008 com um número de 1.000 unidades de inclusão digital em todas as regiões do estado”, informou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Ildes Ferreira. A iniciativa representa um salto de 268 para mais de 400 municípios beneficiados.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 17/05/2008 em Tecnologias

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: